AS AVENTURAS DE KARARYU O DRAGÃO FANTASMA – EPISÓDIO DE HOJE: A ORIGEM

Um pouco da história de Kararyu o Dragão Fantasma:

Sou na verdade, um dragão. Causei uma guerra na minha galáxia envolvendo muitas etnias interestelares e a solução foi utilizar a implosão de um buraco-negro como arma-final, gerando uma onda de energia que projetou minha cápsula de sobrevivência pelo espaço, até infelizmente atingir a Terra, extinguindo os dinossauros. A partir daí, vim utilizando meus poderes psiônicos para “reencarnar” ocupando espécies terráqueas inferiores.

Morri quando meu belo (para os padrões dos dragões) planeta natal Drakonya foi tragado e vaporizado pela explosão da supernova em que se tornou nosso sol estrela-dupla, em virtude da convulsão energético-dimensional do buraco-negro Vorax. Meu espírito perpetuou-se através do tempo e do espaço sob a forma de espectros eletromagnético-psiônicos, desde tempos imemoriais, até este longínquo futuro, neste planeta de tecnologia e civilização atrasados, no qual, para viver, fui obrigado a encarnar, ou assumir como “receptáculo”, uma criança anencéfala (e portanto sem alma) nascida no século XII (cuja mãe fora condenada à fogueira da Inquisição como bruxa) Um ser humano sem cérebro e portanto sem alma própria, que foi posteriormente clonado sucessivas vezes por mim próprio,  visando a sobrevivência biológica do meu “veículo”. Posteriormente, com auxílio de meus poderes psiônicos, peculiares aos dragões, aprendi a fazer meu espírito migrar incontáveis e sucessivas vezes para novos natimortos anencéfalos, por ocasião das mortes biológicas dos meus velhos “receptáculos”, até chegar a ocupar este avatar antropomórfico provisório que possuo atualmente, o qual estou ocupando há mais de 50 anos, também o corpo de um  feto anencéfalo abortado,  documentalmente comprovado: tenho “meu” próprio atestado de óbito do hospital Leão XIII pra provar. Acima, minha foto mais recente publicada nas redes sociais.

Hoje, movimento-me com notável facilidade e fluidez entre todas as dimensões materiais e imateriais.

No presente momento, encontro-me aguardando a revelação dos outros seis dos Sete Pergaminhos (um deles, o primeiro, está em meu poder) da Tríade dos Sábios Marukos do Japão antigo, que preconizaram a Profecia do Retorno da Dinastia Draconiana, formada por antepassados meus, cujos espíritos, ao chegarem à Terra (assim como a outros planetas e galáxias) conseguiram encarnar em primitivas formas de vida, as quais posteriormente evoluíram como os mais simples répteis, até se tornarem a linhagem de dragões terráqueos, extinta coincidente e curiosamente no mesmo século em que meu primeiro avatar antropomórfico nasceu. Sempre desconfiei que esse moleque era, por ironia do destino, filho do mesmo cavaleiro que exterminou o último dos dragões que havia restado sobre a Terra.

Quando ocorrer a Revelação, poderei enfim ressurgir como dragão, o Dragão do Apocalipse (Draco Magnus) e terei como missão: ou destruir ou salvar e proteger a Terra, juntamente com a Humanidade e tudo que nela existe, dependendo do meu estado de espírito nesse dia, e quem sabe, de alguma contra-ordem vinda sei-lá-daonde.

Simples assim, entendeu?

(postado originalmente na seção “about”)

 

Advertisements

3 Comments

  1. […] ano neodraconiano – sendo o ano zero o da pulverização do meu planeta, explicado melhor em https://kararyu.wordpress.com/2010/11/20/as-aventuras-de-kararyu-o-dragao-fantasma-episodio-de-hoje-a… – neste meu 784º avatar antropomórfico hominídeo, desejo-lhes um ano novo apenas com […]

  2. Espero que estejas de MUITO bom humor quando o fatídico dia chegar meu caro…
    Agora, lendo este texto me lembrei das lendas dos dragões medievais e das criaturas nos jogos de RPG …


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s