@CBNoficial Thiago Bottino, habilidoso, transformou debate sobre frouxidão da lei num sobre condições de detenção do adolescente infrator.

Advertisements

@CBNoficial PARABÉNS para o assassino de Victor Hugo Deppman. Ele teve a coragem que a sociedade e as autoridades JAMAIS TERÃO. #IMPUNIDADE

@CBNoficial Ninguém ousa defender endurecimento com bandidos, porque sabe que pode amanhecer com a boca cheia de formiga. #IMPUNIDADE

@portaljovempan ALZHEIMER = “doença da vaca louca” que dá em humanos. MEDICINA: DESMISTIFIQUE E ABRA O JOGO!!!

@portaljovempan ALZHEIMER = nome mistificatório da DOENÇA PRIÔNICA CHAMADA ENCEFALOPATIA ESPONGIFORME HUMANA provocada pelo consumo de carne

O “Tabernáculo de Shambala” e a Grande Conspiração – II

Image

Boa tarde, terrenos autoconscientes! Namastê e saravá!

Estou deveras contente hoje, por um número de razões que não me compete enumerar agora… mas anuncio que não vou prosseguir fingindo que continuo em busca de um conhecimento que ainda não possuo. Bem, o fato de eu próprio ser uma espécie de “dissidente” do TdS não deve ser novidade para ninguém aqui. Apenas informo que, algumas coisas irei revelar… muito contundente essa palavra, “revelar”. Vamos substituir por “comunicar”, fica mais dinâmico e moderno,  enfim,  mais “descolado”. Retificando: …algumas coisas irei comunicar, outras deixarei que sejam naturalmente constatadas pelas argutas e sequiosas mentes daqueles que até aqui se dirigem.

Prezados, vamos entreter inteligentemente nossa substância pensante, com alguns fatos:

O TdS não é novidade para ninguém, desde os primórdios da assim chamada CIVILIZAÇÃO, a qual enfim, constitui aliás, um produto deste primeiro. Responsável sim, pela organização e pelo progresso homini como o conhecemos, o TdS caso hipotética e instantaneamente removido fosse, talvez lançasse o globo no caos; aliás, existe uma maciça redundância estrutural da organização que torna essa possibilidade praticamente inexistente.

Entretanto, o TdS, esse “conluio eminentemente ternário” de forças, enquanto prossegue seu exitoso intento de organizar, controlar e subordinar a CIVILIZAÇÃO – observem que estou me abstendo de empregar o termo “sociedade” – deixa espalhadas atrás de si, qual infante que acaba de assaltar secretamente a travessa de bolo, as migalhas que evidenciam suas ações. Deixa PISTAS que se estendem desde o universo das especulações e suposições, até a memória ôntica imanente – mais conhecida pelos não-iniciados como “legado akashico” – memória a qual o TdS se empenha em tentar suprimir pelas mais diversas formas, desde comunicação subliminar via mídia até neuroestimulação saturativa eletromagnética, via matrizes de antenas instaladas nos mais remotos pontos do planeta; memória esta, impressa no inconsciente coletivo e, manifesta indubitável e inevitavelmente nas artes.

Frequentemente os hominii tropeçam, por assim dizer, parafraseando outro estudioso proscrito “elucidado” meu colega, ainda desconhecido do grande público – irei citá-lo aqui e em próximas postagens apenas como “N” – “tropeçam nas respostas que se encontram em seu próprio interior”. Tropeçam, desprezam e chutam, com igual displicência, as respostas que outros lograram escavar e, que resolvem as incógnitas de suas próprias equações, tão arduamente buscadas.

Um dos exemplos que considero mais clássico de um tropeço em preciosas respostas, produto desta miopia sistemática e inconsciente – ou, talvez deliberadamente induzida – é esta PARÁBOLA DA OCULTAÇÃO DA CONEXÃO AO POTENCIAL UNUM, ocultação precoce na “história” da atual CIVILIZAÇÃO, engendrada pelo TdS e referenciada e brevemente detalhada em minha postagem anterior. Parábola esta, realizada, como não haveria de ser, pelos orientais, sempre dados a lidar mais livre, despudorada e relaxadamente com conceitos ditos “intangíveis” e “sensíveis” pelos ocidentais.

Nesta obra, encontramos PISTAS de como compreender os meios para a conexão com o Potencial Unum, bem como para entender as razões e os meios, físicos e políticos – desdobramentos ficam a critério das mentes mais ativas – através dos quais esses conhecimentos permanecem seguramente custodiados. Uma IMPORTANTE PISTA é encontrada em 1:11:30 de exibição. Reitero, esta é uma OBRA DE FICÇÃO, que na melhor das hipóteses constitui uma ANALOGIA à realidade dos fatos; a qual entretanto, constitui “um furo no dique” e extravasa evidências inegáveis daquilo que há além das aparências do “mundo mundano” em geral.

Eis a pérola, portanto: http://www.youtube.com/watch?v=esrhKeW7GRw.

Recomendo assistir atentamente, sem perturbações circundantes, do início até o final.

Poucos assistirão. Em menor número ainda estarão aqueles que assistiram e tiraram conclusões IMPORTANTES. Entretanto, entre estes estarão aqueles que não mais crerão nas tolices da realidade aparente, do “Véu de Maya” engenheirizado pelos dominadores e, terão uma visão mais nítida daquilo que existe “nas altas profundezas do abismo acima de vós” – (R. Nicholsen).

Boa sessão e bons estudos.

KDF

 

@pedalante Ainda que possa ser, ignoro o fato e, tampouco me preocupa,..